Yamaha terá linha de motos turbo

Nova linha de motores turbo da Yamaha visa trazer mais potência em um mundo onde cada vez mais as emissões de poluentes estão sendo vetadas.


As grandes montadoras ultimamente têm lançado atualizações de seus modelos com cilindradas cada vez maiores, como a BMW GS 1200 que passou a ser GS 1250.

Isso acontece pois as leis de emissões globais seguem o PROMOT (PROGRAMA DE CONTROLE DA POLUIÇÃO DO AR POR MOTOCICLOS E VEÍCULOS SIMILARES).



Com as leis de emissão cada vez mais rígidas, os motores passam por adaptações que acabam perdendo uma considerável porcentagem de potência, e para que a potência seja mantida, a estratégia das montadoras têm sido a de aumentar a capacidade cúbica de seus motores.


Porém, a dona Yamaha está começando a apostar em uma estratégia diferente, e desde de 2017 vem estudando sua tecnologia de sobrealimentação. Os testes começaram a sair da parte teórica e tomou a parte pratica nos últimos meses. Segundo alguns sites gringos, montadora japonesa tem realizado testes com dois tipos de tecnologia turbo: uma versão mais tradicional, onde o turbocompressor é instalado próximo ao coletor de escapamento, e uma versão mais ousada e diferente do que se tem visto em motores turbo, com o turbocompressor instalado dentro do escapamento.

Inovação sempre fez parte dos lançamentos da Yamaha durante anos: motor tricilíndrico crossplane

O uso de um motor turbo seria uma boa alternativa de ganhar potência ao mesmo tempo em que se controla a emissão de gases justamente por ser um sistema de realimentação ou sobrealimentação dos motores com a reutilização dos gases que saem do escapamento para que eles ajudem a queimar mais combustível de forma eficiente no motor durante o processo de combustão.


Para se ter uma noção do ganho de potência, em 2010 a Yamaha patenteou um motor tricilíndrico turbinado, baseado no motor CP-3 da MT 09, e também um motor de dois cilindros com a capacidade cúbica de 560cc. Este motor quando turbinado, teve um aumento de potência três vezes maior do que o original, chegando a 150cv.


Yamaha XJ650T: um motor da década de 80 com tecnologia turbo

Ainda não se sabe ao certo qual será a estratégia de lançamento da marca dos três diapasões, mas especula-se que para inaugurar o novo motor turbo a marca deve lançar uma releitura da FZ750 de 1985, assim como a Suzuki fez recentemente ao lançar uma nova versão da Katana.


FZ750 1985: poderá ganhar uma releitura atual com motor turbo

O que se sabe é que a Yamaha é craque em criar novas tendências e ditar regras no quisito inovação e esportividade. Basta lembrar de como foi inovadora a tecnologia do YPVS por exemplo. Vamos aguardar ansiosos e ver o que essa japonesa irá aprontar.

1 comentário

© 2020 - Motorama S. P. LTDA.

CNPJ 36.892.387/0001-85

-----

canalmotorama@gmail.com

-----

Envio dos produtos da loja de 7 a 20 dias a depender do produto.

  • Youtube
  • Facebook
  • Instagram