Triumph confirma presença no Campeonato Britânico de Supersport

Marca anuncia equipe na disputa pelo Campeonato Britânico


Como fornecedora exclusiva de motores para a categoria Moto2 do Campeonato Mundial de Motovelocidade desde o início da temporada de 2019. Ela fornece o motor três cilindros de 765cc baseado no motor da Street Triple RS para todas as equipes. Ele é ajustado para corrida e desenvolvido de uma forma que permite que ele respire mais livre e gire mais forte, chegando a mais de 140 CV de potência (mais de 17% em relação à moto de produção).


Desde que isso começou a acontecer a Moto2 registrou recordes como a primeira velocidade máxima acima dos 300 km/h. Mas parece que a presença no Mundial de Motovelocidade ainda não é o suficiente para a montadora de Hinckley.


Semana passada a Triumph revelou ao público a moto que será usada por sua equipe oficial no Campeonato Britânico de Supersport, o principal campeonato de corrida de moto no Reino Unido, e conhecido como o melhor campeonato nacional de superbike do mundo.



A moto que a montadora apresentou para o campeonato também tem como base principal a Street Triple RS, e o fato dela ter sido revelada junto com a própria revelação da presença da Triumph no Britânico de Supersport representa mais um importante passo da marca no universo do esporte a motor. Ainda sobre a moto, é claro que, por se tratar de uma naked, a moto tem que ser bastante modificada, seja em termos de chassis, de motor ou principalmente no conjunto de peças que formam a carenagem integral, de uma forma que fique impossível não lembrar da Daytona última moto esportivo a integrar o line-up de motos de produção da Triumph.



A temporada 2021 deste campeonato terá início em junho mas as primeiras atividades da nova equipe foram realizadas nestes últimos dias de abril. A equipe vai se chamar Dynavolt Triumph e conta com os pilotos britânicos Kyle Smith e Brandon Paasch