Review - Bell Moto III

Relançado em 2016, ele se manteve fiel ao design do clássico de 1978.

A primeira coisa sobre o capacete é que com o nível de acabamento tanto interno quanto externo, seu design e opções de cor, ele é um produto fácil de gostar.


Comercializado aqui no Brasil com selo do Inmetro, a única observação importante pra usar ele e que você precisa ter um óculos de off-road. Assim como um capacete de motocross o Bell Moto III foi desenvolvido para aceitar a maioria dos goggles de off-road.


O Moto III oferece um amplo campo de visão e vai te permitir visualizar muito bem as coisas que estão á sua frente e ao seu redor. Ele não vai te dar um campo de visão tão amplo quanto um capacete aberto, mas em compensação você tem o seu queixo protegido o que é muito mais importante em caso de uma queda.

Detalhe do acabamento interno e fecho em double D.

É válido falar que com o Moto III você tem um fluxo de ar parecido com o dos capacetes abertos mas com a segurança de um capacete fechado. Repara que isso que eu acabei de dizer pode ser interpretado tanto de uma forma positiva quanto negativa, porque do mesmo jeito que sentir o vento no rosto em um dia ensolarado pode ser uma sensação boa, pode ser horrível em um dia de chuva quando cada gota de chuva que bate no seu rosto tem a sensação de uma lâmina entrando. E é claro, ainda falando em fluxo de ar do capacete, você tem isso aqui na parte do queixo por meio destas 8 entradas, bem características deste modelo. Elas são importantes porque são as únicas entradas de ar ao longo de todo o casco. Não tem nada nas laterais, e nada aqui na parte de cima.


Por mais que ele lembre muito um capacete de motocross, não acho que é o caso aqui. Ele é uma reedição de um capacete clássico da Bell dos anos 70 e como eu disse eles mandaram muito bem em manter o estilo clássico dele aqui. Mas isso faz com que ele seja muito mais um capacete orientado para uso em motos street seja para cidade ou viagem, do que propriamente para você usar em com sua moto de trilha. Isso acontece principalmente por causa do peso. No tamanho 58, o Bell Moto III pesa 1478 gramas com a pala e 1190 gramas sem a pala. Não é um capacete pesado, mas se você anda na trilha e tá habituado aos capacetes deste estilo, você sabe que eles pesam bem menos que isso.


As opções de cor pra ele aqui no Brasil são o preto brilhoso e essa aqui, Orange Classic. Lá fora existem outras versões de cor sólida e direto eles lançam um edição limitada com marcas como Roland Sands e Fathouse.


Você pode encontrar o Bell Moto III aqui no Brasil por cerca de 1000 reais, em tamanhos que vão do S – XL ou seja, 56 até 62.


Desde que eu recebi eu tenho usado bastante ele e ele tem me atendido bem com algumas ressalvas. Eu diria que os pontos positivos são o estilo dele, bem característico e responsável por gerar uma série de cópias e a entrada de ar que torna ele bem confortável. O ponto negativo é justamente em decorrência da entrada de ar, que vai fazer com que ele não seja o capacete ideal para você usar em baixa da chuva.


Assim como outros produtos da linha clássica da Bell, como o Bullit que combina muito com cafe racers, eu diria que o Moto III combina bastante com scramblers. Mas a verdade é que ele vai muito bem com motos de diversos estilos, seja uma Bmw GS ou uma RD 350.


Mais informações.

© 2020 - Motorama S. P. LTDA.

CNPJ 36.892.387/0001-85

-----

canalmotorama@gmail.com

-----

Envio dos produtos da loja de 7 a 20 dias a depender do produto.

  • Youtube
  • Facebook
  • Instagram