Nova geração da Honda PCX

O mercado de motos passa por um bom momento no Brasil. Com a Abraciclo, associação do setor de motocicletas e bicicletas, tendo divulgado a projeção de que ao final deste ano aproximadamente 980.000 unidades terão sido produzidas ao todo. As vendas de moto em 2018 já registraram um crescimento de quase 7% em comparação com o primeiro semestre de 2017.

Tendo em vista que as legislações que obrigam as motos a terem sistemas de freios mais eficientes entram em vigor em 2019, podemos esperar também o lançamento de muitos modelos. Além das atualizações daqueles que já estão bem estabelecidos em nosso país. E o scooter PCX é um deles.


Novo globo óptico e freios ABS.

A Honda garante que serão duas grandes novidades: a presença de freios ABS e a utilização de smart key (chave presencial). Tudo isso seria demais! Além de tornar a PCX ainda mais prática para o dia a dia, o tornaria também mais seguro e um forte concorrente ao scooter NMax da Yamaha. Em relação ao motor, nenhuma mudança. O mesmo monocilíndrico de 149,3cc e 13,1 cavalos aliado ao câmbio CVT.


Novo PCX promete manter todas as características que o tornaram o scooter mais vendido.

O visual vai ser atualizado com um globo óptico que além dos LEDS que a versão atual possui, vai ganhar luzes diurnas mais seguras para o condutor. Chassi e pneus novos também. Estes últimos mais largos para ajudar nos trajetos dos grandes centros urbanos.

PCX é o scooter mais vendido no Brasil e já recebeu a sua nova versão tanto no mercado europeu quanto asiático. Segundo a montadora, por enquanto as versões híbridas e elétricas vão permanecer longe do nosso mercado.

1 comentário