Nova BMW F850RS a caminho?

Atualizado: 21 de Abr de 2019

É quase sempre certo que quando a BMW anuncia um conceito, em questão de tempo esse conceito vai se tornar uma moto de verdade. Aliás, se você tem dúvida sobre o que é uma moto conceito, assista ao nosso último vídeo. Ele é sobre a Honda CB1000R 2019 e o Guigo explicou muito bem o que é uma moto conceito (https://youtu.be/rK7GePVG1CA). Mas voltando a BMW, foi assim em 2013 quando eles lançaram o Concept 90 que mais tarde originou a RNineT, foi assim em 2014 quando eles anunciaram o Concept Roadster que mais tarde originou a R1200R e em 2015 com o Concept 101, que originou a K1600B.

Ano passado eles anunciaram o Concept 9Cento, uma sport touring que como seu próprio nome diz, vai ter 900cc ou quase, porque ao que tudo indica, esta moto vai utilizar do novo motor F850 e do design da S1000XR para originar a nova F850RS.


Concept 9Cento.

Algumas partes mudam, é claro. O conceito 9Cento apresentava a traseira e um subquadro de fibra de carbono em um acabamento que lembra a babatana de um tubarão, mas não há dúvida de que esta é a moto que ele originou.

Está claro também que todas as principais partes mecânicas da moto são retiradas diretamente da linha de produção da F850GS. O motor, visualmente pelo menos, é idêntico, por isso a sugestão de que esta utiliza a unidade de 853cc, que gera 90 cv a 8.000 rpm (80cv aqui no Brasil) e 63 k.g.f.m. a 6.250 rpm. Ele está montado no mesmo chassi de aço que a F850GS, com o mesmo braço oscilante, e até o guidão parece ser o mesmo. O resultado parece ser uma moto com o propósito de aventura e que entrega uma posição de pilotagem com a coluna mais reta. Mas seu estilo, rodas e pneus deixam claro que essa aventura não deve sair do asfalto.



Com aros de liga leve de 17 polegadas dianteira e traseira, calçados em pneus para estrada, ela é em cada aspecto uma irmã mais nova da S1000XR, mesmo que a maioria das peças sejam compartilhadas com a F850GS. As pinças de freio de quatro pistões são uma exceção, adicionando uma inclinação mais desportiva a moto nova.

Tantas peças são compartilhadas com a F850GS que o peso da moto inevitavelmente estará no mesmo patamar que o modelo GS, que pesa 229kg sem carga, pronta para a estrada, com o tanque cheio. Outras peças compartilhadas com a GS850 são o painel de instrumentos, e não há dúvida de que ele irá desfrutar de um conjunto similar de eletrônicos, incluindo vários modos de pilotagem, ABS e controle de estabilidade. A tela TFT colorida que é um acessório opcional na GS certamente será oferecida nesta SR, assim como a navegação embutida e a conectividade com smartphone.



Por mais que cada centímetro do estilo da nova máquina se assemelha a S1000XR - e seu design é fruto do trabalho de Andreas Martin, o mesmo projetista da quatro cilindros - parece que mesmo assim, esta moto será comercializada sob o nome F850RS. Esse boato surgiu de um erro de impressão em um catálogo recente da BMW em 2019, que mencionou uma certa F850RS inexistente, dizendo que esta moto seria a “midrange tourer popular e versátil e uma escolha fantástica para aqueles que desejam ingressar na linha de motocicletas BMW.”

A BMW tratou isso como um erro de digitação, e ao que tudo indica, parece que a frase deveria se referir a F800GT, uma touring que também utiliza o mesmo motor 850 de dois cilindros e que não está presente no mercado brasileiro, mas a impressão que ficou é que há pessoas suficientes no departamento de marketing da BMW que estão familiarizadas com o nome “F850RS” e ninguém percebeu.

O estilo do conceito 9Cento visto nessas imagens cujas patentes foram registradas recentemente nos leva a acreditar que ela deveria ser destinada a carregar o mesmo nome “XR” já que ela é tão parecida com a S1000XR. O nome XR faz referência à aventura com esportividade além de trazer uma posição de pilotagem que permite alta visibilidade, ou seja ser muito bem visto e visualizar a estrada muito bem. Mas o que é um nome afinal? Sendo XR ou RS, essa moto promete muito.



Dado o sucesso da S1000XR no Brasil, mesmo que esta não seja uma quatro cilindros, é certo que a montadora deve querer apostar nesse futuro novo modelo no nosso país quando ele finalmente for lançado. No dia 2 de abril ela apareceu como um modelo de produção com registro do Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Dessa forma, os entusiastas da marca terão opções 1200 (ou mais recentemente 1250 para a GS) e 850 para as linhas GS e XR, ou RS.



Aqui, podemos esperar a briga entre essa BMW contra motos como a Ducati Multistrada 900 e lá fora, contra a KTM 790 Duke, então será interessante ver quais recursos a marca bávara traz para a disputa.



© 2020 - Motorama S. P. LTDA.

CNPJ 36.892.387/0001-85

-----

canalmotorama@gmail.com

-----

Envio dos produtos da loja de 7 a 20 dias a depender do produto.

  • Youtube
  • Facebook
  • Instagram