Kawasaki ZX-10R será lançada no próximo mês

Apesar disso, as vendas para o público só serão liberadas em agosto de 2021.


A Kawasaki confirmou o lançamento da sua nova super-esportiva ZX-10R para junho aqui no Brasil. O modelo já havia sido lançado na Europa no final do ano passado, e desde então os brasileiros apaixonados por velocidade e carenadas, aguardam ansiosamente a chegada da moto por aqui.


Nova ZX-10R 2021 será lançada em junho no Brasil.

Segundo a Kawa do Brasil, a moto será lançada para a imprensa no dia 1 de junho através de uma premiere online, onde será apresentada todas as novidades sobre o modelo, e claro, o preço que será praticado por aqui.


Apesar do lançamento estar logo ali, as vendas ainda irão demorar um pouco a mais para serem realizadas aqui no Brasil, com previsão para começarem entre agosto e setembro deste ano.


Apesar de ainda não sabermos qual será o preço da moto, especialistas especulam que será algo entre R$ 100 mil e R$ 120 mil. Um aumento considerável em relação ao modelo atual que é vendido a partir de R$ 80 mil, e que seria justificado pela quantidade de melhorias tecnológicas e novos features.


Uma curiosidade, é que na terra do Tio Sam, a máquina já está sendo vendida por US$ 16.400, algo em torno de R$ 87 mil em uma conversão direta.


Nova ZX-10R 2021

Vamos falar um pouco da máquina?


A nova Kawa ZX-10R é uma super evolução do modelo em linha atualmente no brasil, e também será vendida na versão mais envenenada ZX-10RR, a Racing Replica derivada do mundial de Superbike (WSB).


A começar pelo visual, a moto passou por uma boa "harmonização facial" (risos) e agora prioriza a estética do seu novo conjunto ótico, mais minimalista e separado por uma grande entrada de ar bem agressiva.


Linhas retas e pontas bem acentuadas, mostram que o modelo está ainda mais nervoso, transmitindo agressividade antes mesmo de ligar a máquina, com destaque para as asas de "down force" que ajudam a manter a moto no chão em uma acelerada forte.


Rodas Marchesini da ZX-10RR 2021

Os novos espelhos retrovisores integram o conjunto de luzes de seta da moto, e no geral o design está bem mais atualizado para os padrões futuristas da marca japonesa.


Ao ligar a moto, o felizardo piloto que irá domar essa máquina irá encontrar um super ronco de quatro cilindros em linha com o mesmo motor da geração anterior de 998cc e 203cv de potência. Essa potência pode ser elevada a 213cv com o acionamento do RAM air, aquela entrada de ar frontal que pode mudar a abertura alterando a mistura do combustível.

Além disso, o torque é de 11,7 kgf.m a 11.400 RPM.


ZX-10RR: para quem acha que a R é "pouco".

Já a versão mais envenenada e inspirada no superbike, tem os números um pouco diferentes, variando entre 204 e 214cv de potência com rodas Marchesini, pneus Pirelli Diablo Supercorsa SP, molas das válvulas de admissão e escape e peças como árvore e manivelas de alta performance.


Não acaba por aí! A nova ZX-10R ainda conta com um chassi bem mais leve que o anterior, suspensões com novas calibragens e amortecedores Öhlins eletrônicos adaptativos.


Os freios Brembo foram revisados e a transmissão ganhou novas relações de marchas, tornando as primeiras marchas um pouco mais curtas que antes, e com quickshifter.


ZX-10R: Novo painel TFT com conexão ao Rideology.

Tá, ainda não acabou. A iluminação do modelo agora é full LED e o painel ganhou uma super tela de TFT de 4,3 polegadas, que permite conexão com smartphone via Bluetooth para usar o aplicativo Rideology da Kawasaki. Com este app é possível, por exemplo, ver detalhes do trecho percorrido e as condições de rodagem como velocidade média, e até mesmo te permite fazer, pelo celular, os mesmos setups que normalmente são feitos apenas no painel da moto.


Pra completar de vez: A moto agora tem controles de velocidade automática, controle de gerenciamento em curvas (anti-derrapagem), controle de tração com mais dois níveis de ajuste, totalizando cinco modos, controle de largada e modos de freios (além do ABS).


Novos modos de pilotagem foram adicionados. O Sport, Road e Rain, e mais quatro modos customizáveis pelo piloto.


A única coisa que ela não faz ainda é um suquinho de laranja pra refrescar depois de dar aquela acelerada no grau com essa máquina.


Vamos aguardar o preço que será anunciado na data do seu lançamento no Brasil.