Harley-Davidson Pan America vai custar 17 mil dólares

Preço exorbitante para nós, mas competitivo no mercado internacional


Anota aí na agenda: dia 19 de janeiro de 2021 a Harley vai anunciar sua linha para o próximo ano. Muito já tem sido especulado sobre o que a marca deve apresentar, e o que já é dado como certo é que o foco serão as novas versões dos modelos que estão em linha.


Porém, grande parte da atenção está voltada para a Pan America, a primeira big trail da Harley-Davidson. Segundo a montadora, o modelo já tem data para ser apresentado oficialmente: no dia 22 de fevereiro vão ser divulgados todos os detalhes da moto, inclusive sua data de lançamento. Sim, uma data para anunciar uma data de lançamento. Já é algo.



Até o momento, o que se sabe é que a moto usa um motor completamente novo e o primeiro da nova família Revolution Max, que será usado em futuros lançamentos. A Harley tem afirmado que no caso da Pan America, o propulsor é um 1250 cc refrigerado a líquido e entrega 145 cv de potência máxima e 12,44 kgf.m. de torque máximo, ainda não se sabe a quantos giros. Mas é possível que os números sejam maiores do que esses para surpreender o público, como já vimos a marca fazer algumas vezes.


Entre outras características técnicas que é possível ver nos vídeos de divulgação, a moto conta com freios com dois discos na dianteira equipados com pinças Brembo e suspensão invertida e balança monoamortecida à frente e atrás, respectivamente.



Com todos esses recursos, não é de se estranhar que seu preço nos EUA seja de $17,000. Um preço exorbitante para nós brasileiros, porém bastante competitivo no mercado europeu e americano. $17,000, faz dela a big trail de luxo mais barata do mercado. É assim que ela tem sido aguardada. O preço foi revelado pelo podcast Brap Talk e o raciocínio óbvio a que essa informação nos leva é que custando isso, a Pan America fica mais acessível do que Ducati Multistrada 1260, BMW R 1250 GS e KTM 1290 Super Adventure S, que deve se tornar uma forte concorrente nos mercados onde está presente. A única moto da categoria que fica abaixo do valor de 17 mil dólares é a versão de entrada da Triumph Tiger 1200, a XR. A versão imediatamente superior, 1200 XRx, já salta para $18.900. Quase dois mil dólares de diferença abre um oceano de distância no preço.


Ainda é cedo para saber se a Pan America pode ser comparada a qualquer uma destas motos, afinal, ela ainda não foi testada. Mas os números de potência e torque que têm sido declarados até então, não deixam a desejar em relação a qualquer uma delas.


Mesmo com sua data de lançamento chegando e algumas de suas informações ficando mais claras a cada dia, muitas dúvidas ainda surgem: A moto será bem aceita pelo público de motos de aventura? E mais do que isso, o que garante que a Pan America não terá o mesmo destino das motos da Buell, que mesmo com tanta contribuição no ramo do desenvolvimento, foram incompreendidas pelo mercado e descartadas pela montadora?