Harley-Davidson FXDR 114 2019

Atualizado: 5 de Set de 2018



Dentre todas as motos novas (incluindo protótipos que serão lançados nos próximos anos) que a Harley-Davidson anunciou, uma se destacou: a FXDR.

Já comecei a gostar da moto pelo fato de que não houve especulação sobre seu lançamento. A moto tomou de assalto as concessionárias americanas da noite pro dia. Simples assim. Sem frescuras. Com a proposta de ser rápida em retas e ágil nas curvas a FXDR 2019 veio com o Milwaukee-Eight 114, um motor capaz de gerar cargas imensas de torque (precisamente 16,01 kgf.m a 3.250 rpm) e um som vindo através do escape que segundo o site da montadora, é capaz de satisfazer os anseios da sua alma.

Parece que a Harley Davidson conseguiu fazer uma cruiser fortemente inspirada pelas corridas de arrancada com comportamento monstro nas curvas. Quase sempre quando isso foi feito antes, o resultado acabou sendo uma moto com distância entre-eixos suficiente para não permitir tanta inclinação para a moto devorar curvas. Mesmo com pneu traseiro exageradamente largo (240/40-18) esta parece ser mais interessante para esterço do que eram as Harley-Davidson inspiradas em dragbikes há alguns anos.

Na FXDR os engenheiros conseguiram atingir o apelo estético drag race sem fazer uma moto que funcionasse apenas em linha reta. A FXDR consegue ter a pegada visual que fizeram suas antecessoras um sucesso, mas aumenta radicalmente as capacidades de manuseio graças a uma redução de 10 kg em relação a V-rod, ao braço oscilante de alumínio fundido e nova geometria nas árvore de manivelas do Milwaukee-Eight 114. A FXDR é a primeira das novas Softail que possui suspensão com ângulo de 134,62 mm. As outras variam entre 114,3 mm e 129,54 mm. É também o único modelo lá fora em que o consumidor não tem como optar pela versão 107 do Milwaukee-Eight. Isso acontece aqui com a Breakout. A Harley-Davidson Brasil trouxe só a versão com o 114.


A FXDR mistura elementos de motos de arrancada com agilidade para curvas com performance.

O estilo da FXDR é inconfundível. Puro pedigree americano. Mas isso não quer dizer que ela não tenha os melhores elementos das Harley-Davidson modernas: o painel elegante (assim como o da Street Bob) extremamente minimalista e utilitário, os clip-on, suspensão traseira com ajuste de pré-carga e dois discos de freio dianteiro cada um com quatro pistões. A única moto com a qual ela parece supostamente concorrer é a KRGT-1 da Arch Motorcycles. Moto inclusive, de quem parece ter pegado o estilo emprestado. Só que a Arch custa $78.000 e dificilmente será vendida no Brasil em um futuro próximo. A FXDR custa $21.349 e ao que tudo indica, virá para o nosso país. Se você está procurando por uma sucessora para a V-Rod acho que acabou de encontrar.


Menos é mais: guidões clip-on e painel minimalista.

Antes que você pergunte: sim, também tem preta.

Já vimos demais o lado direito. Hora de ver como ficou o lado esquerdo.






1 comentário

© 2020 - Motorama S. P. LTDA.

CNPJ 36.892.387/0001-85

-----

canalmotorama@gmail.com

-----

Envio dos produtos da loja de 7 a 20 dias a depender do produto.

  • Youtube
  • Facebook
  • Instagram