As motos retrôs mais vendidas em 2018 - no Reino Unido. E por que é interessante saber isso.

Basta olhar quantas montadoras têm lançado novas motocicletas retrôs para saber que algum sucesso elas devem fazer. Além daquelas que são especialistas em fazer suas motos ano após ano, durante gerações, como Harley Davidson com suas Sportsters, Triumph com suas Bonnevilles e Royal Enfields com suas motocicletas que mantêm o mesmo DNA desde a década de 20, porém com mais tecnologia, outras grandes montadoras de vanguarda vêm flertando com modelos que unem recursos modernos porém com visual e estética que remetem ao período de ouro do motociclismo. Exemplos não faltam: BMW com sua família Nine T, Ducati com a linha Sacrambler Ducati e mais recentemente a Kawasaki lançando uma motocicleta que é tanto uma homenagem a um grande período da marca quanto uma máquina incrível: Z 900 RS.

Por isso, vamos analisar como anda o mercado para estas motos lá fora, mais especificamente no Reino Unido. A seguir a lista das motos clássicas modernas mais vendidas entre janeiro a março de acordo com o Departamento de Transportes inglês:


10: BMW R nineT Urban G/S: 52 unidades vendidas.

Nada mal para uma moto que custa £10,900. A Urban mistura o melhor dos dois mundos: o classicismo da família Nine T com o dna aventureiro da linha GS. E ainda por cima utilizando um elemento que pode ser seu às na manga: o motor da líder mundial de vendas da marca alemã, 1200 GS.



9: BMW R nineT: 61 unidades vendidas.

A BMW segue forte na lista desta vez com a R nineT, a primeira a ser lançada nesta linha de motocicletas clássicas em comemoração aos 90 anos do segmento de motocicletas da marca. A R nineT é uma moto incrível e já marcou presença no mercado brasileiro, infelizmente por pouco tempo. Com o lançamento da nine T em 2014, a linha Heritage da BMW tomou forma e hoje conta com além dela e da Urban G/S mais outros três modelos: a Pure, a Scrambler e a moto que você vai ver na próxima posição.



8: BMW R nineT Racer: 62 unidades vendidas.

Mais uma variação da R nineT, a Racer deixa claro qual seu propósito: velocidade! Se por um lado ela não é tão "simples" quanto a R nineT (um aspecto que sempre me deixa mais interessando nas motos clássicas, afinal elas eram simples, certo?) por outro têm um visual extremamente bem feito e atrativo. A BMW contou com a colaboração do designer e ex piloto de corridas Roland Sands para alcançar esse visual animal em sua esportiva clássica.



7: Yamaha XSR700: 76 unidades vendidas.

Essa é outra moto que você nunca viu por aqui. Ou será que já? A XSR700 nada mais é do uma versão retrô MT-07, uma moto animal que junto com sua irmã maior MT-09, ressucitou a linha de nakeds da Yamaha. O sucesso é tanto que mercados como o europeu e o americano receberam versões clássicas destas mesmas motos. Se a lista fosse de nakeds mais vendidas, todas a motos da linha MT estaria presente aqui. Embora isso não ocorra com a sua linha de motos clássicas, ou sport heritage como a marca chama, a XSR 700 está firme na sétima posição com suas 76 unidades vendidas no primeiro trimestre do ano.



6: Triumph Bonneville T100: 82 unidades vendidas.

A Bonneville é talvez, a moto mais provável de surgir na mente quando você pensa em máquinas retrô, então é um pouco surpreendente ver a versão mais acessível da Bonnie longe do pódio. Talvez isso aconteça porque, particularmente no mercado do Reino Unido, as versões mais caras estão disponíveis atualmente por um preço adicional relativamente pequeno.



5: Triumph Street Scrambler: 91 unidades vendidas.

Se você acompanha o Canal Motorama, sabe que quando falamos desta moto o coração bate mais forte. Não é a toa. A combinação de estilo, performance, torque, potência na medida certa e uma capacidade off-road mais do que compatível para o que ela propõe, torna essa moto uma das mais especiais hoje. Acredito que a única razão para ela não estar no pódio é que as próximas máquinas são mais incríveis ainda.



4: Triumph Street Twin: 105 unidades vendidas.

Aqui temos pela terceira vez uma retrô 900cc da Triumph. Só que desta vez a mais democrática e acessível. Talvez este seja seu mérito. A Twin pode ser a moto ideal para usar todo dia na cidade ou na estrada. E ela pode ser a moto ideal para qualquer motociclista, mulher ou homem, gordo ou magro, alto ou baixo. Veja o vídeo abaixo e saiba mais sobre ela.



3: Triumph Thruxton 1200: 131 unidades vendidas.

Da moto de entrada da categoria vamos direto ao topo da linha. A Thruxton 1200 é hoje a mais cara modern classic da marca inglesa e seus altos números de vendas parecem indicar que preço não importa para quem busca o melhor. Destas 131 motos vendias, 107 são Thruxton R, a versão mais completa e presente no Brasil. Eu já andei nesta moto e a experiência me marcou até hoje. Isso tudo foi registrada neste episódio:



2: Triumph Bonneville T120: 137 unidades vendidas.

A Bonneville T120 é basicamente a Bonnie "tradicional" nos dias de hoje, e é sua versão de maior sucesso também, com 137 emplacamentos no primeiro trimestre do ano no Reino Unido. Destes, 81 foram em T120 e 56 em sua versão Black. Mas enquanto esperávamos que a Bonnie ocupasse o primeiro lugar em qualquer lista de motos retrô, este ano ela foi totalmente eliminada dessa posição…



1: Kawasaki Z900RS: 279 unidades vendidas.

E esta é a moto que tirou o fôlego das vendas da Bonneville, a Kawasaki Z900RS. Com cerca de 279 registrados nos primeiros três meses do ano, está superando qualquer uma de suas rivais. E isso sem contar o Z900RS Cafe, que chegou às concessionárias inglesas pouco antes de março e já havia registrado 18 unidades! Essas motos já estão disponíves no mercado brasileiro. Resta saber agora com quantas unidades emplacadas. Vou procurar saber e trago aqui para o site.

E a Harley Davidson? Onde fica? Elas ficam em outra categoria, ás vezes chamada de roadsters, ás vezes de cruisers. Por isso não entraram.





© 2020 - Motorama S. P. LTDA.

CNPJ 36.892.387/0001-85

-----

canalmotorama@gmail.com

-----

Envio dos produtos da loja de 7 a 20 dias a depender do produto.

  • Youtube
  • Facebook
  • Instagram