Após quatro anos, HD mostra versão final da Livewire pela primeira vez.

Desde que foi apresentada há quatro anos, a Livewire vêm sendo tratada como a a moto mais revolucionária na história da Harley-Davidson. Bom, até então ela era apenas um conceito. Agora pode, de fato, começar a ser tratada desta forma. A marca de Milwaukee aproveitou o Salão de Milão e além de finalmente apresentar a versão final da Livewire, revelou algumas especificações técnicas de sua moto elétrica, que começa a ser vendida no próximo ano. 



A primeira coisa a se notar sobre ela é que esta vai ser "a Harley-Davidson mais acessível da história” segundo as palavras do vice-presidente de planejamento de produto, Marc McAllister. Legal né? Mas ele não está se referindo ao seu preço. McAllister está se referindo a facilidade de pilotar uma moto que não precisa de embreagem. O motor elétrico proporciona torque máximo ao girar o acelerador, e faz parte da estrutura do quadro de alumínio. A LiveWire possui uma bateria principal composta de células de íons de lítio rodeadas por uma caixa de alumínio fundido com aletas. A moto é equipada com uma pequena bateria de íons de lítio de 12 volts que alimenta luzes, controles, buzina e painel. Seu carregamento pode ser feito através de um carregador que é conectado a uma tomada doméstica padrão com um cabo de alimentação que fica abaixo do assento da motocicleta.





Para fazer jus a esse motorzão cujo nem mesmo o torque podemos saber, peças e componentes tipicamente de motos de alta performance: quadro cuja suspensões são integradas: Showa SFF-BP, totalmente ajustável, na dianteira e na balança, um monoamortecedor também Showa. Os freios são Brembo, com dois discos de 300 mm com pinças monobloco, na frente. Os pneus são Michelin Scorcher com largura de 180 mm na traseira e 120 mm na dianteira.



O painel é uma tela de TFT, com inclinação ajustável, que vai oferecer diversas informações. Haverão quatro modos de pilotagem: três personalizáveis pelo proprietário e um standard com padrões de fábrica. Projetada pensando nos pilotos do futuro, a LiveWire oferecerá conexão Bluetooth para smartphones, sistema de navegação e para ouvir música. Nada que estamos habituados a ver nas Harleys mais tradicionais. Se é que eu posso dizer assim.



Ainda não sabemos o preço. Ele será divulgado em janeiro. A Harley-Davidson pretende se tornar líder mundial de motos elétricas e a Livewire é apenas o começo desta história.

© 2020 - Motorama S. P. LTDA.

CNPJ 36.892.387/0001-85

-----

canalmotorama@gmail.com

-----

Envio dos produtos da loja de 7 a 20 dias a depender do produto.

  • Youtube
  • Facebook
  • Instagram